November 6, 2013 / 9:38 AM / in 4 years

Gafisa agrada com balanço trimestral e ações sobem

5 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 6 Nov (Reuters) - Gafisa era líder de alta do Ibovespa nesta quarta-feira, após a incorporadora ter reportado aumento no lucro apesar da queda na receita no terceiro trimestre, ajudada pela redução das despesas operacionais.

Às 13h46, as ações da companhia subiam 3,1 por cento, enquanto o Ibovespa operava em baixa de 0,88 por cento.

Entre julho e setembro, a incorporadora viu o lucro líquido mais que triplicar, a 15,8 milhões de reais, ante 4,8 milhões de reais em igual etapa de 2012.

Apesar das receitas terem caído 15,5 por cento na comparação anual, a Gafisa teve menores custos com vendas 17,4 por cento menores e teve recuo de 8,2 por cento nas despesas gerais e administrativas.

Em teleconferência com analistas, o presidente da companhia, Duílio Calciolari, afirmou que ainda enxerga espaço para queda nominal de despesas operacionais na divisão Tenda, voltada à baixa renda, no próximo ano

"Nos últimos dois anos, a companhia estava extremamente preocupada em trazer capital de volta, estabilizar a operação do ponto de vista de eficiência. (A administração das) despesas operacionais é necessária para execução desse plano", disse.

No trimestre, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de 140 milhões de reais, queda anual de 8,2 por cento, mas acima das projeções de analistas, que esperavam 92,7 milhões de reais.

Em relatório, o Bank of America Merrill Lynch avaliou que o resultado trimestral foi "bom", com as maiores preocupações envolvendo o endividamento da companhia já resolvidas.

"Acreditamos que o principal gatilho para dar impulso à empresa continue sendo o uso dos recursos levantados com a venda de Alphaville", escreveu o analista Guilherme Vilazante.

Em junho, a empresa fechou um acordo com as companhias de investimentos Blackstone e Pátria para vender 70 por cento unidade de loteamentos de alto padrão por cerca de 1,4 bilhão de reais.

Como o dinheiro ainda não entrou no caixa --a Gafisa informou que espera concluir o negócio até o fim do ano--, a companhia viu a relação entre a dívida líquida e o patrimônio líquido avançar para 126 por cento no terceiro trimestre, ante 96,2 por cento no trimestre anterior.

O avanço "transitório", disse a Gafisa, foi impactado pela aquisição dos 20 por cento restantes de Alphaville, também acertada em junho, em operação financiada com desembolso próprio e emissão de dívida. A empresa espera que sua alavancagem seja reduzida para cerca de 55 por cento quando a venda de Alphaville for finalizada.

Na teleconferência, o diretor financeiro da Gafisa, Andre Bergstein, disse que a empresa pretende "sem dúvida" quitar dívidas mais onerosas contraídas no seu processo de expansão.

"Temos caixa para fazer isso com operação de Alphaville e vamos fazer reestruturação, diminuindo dívida e pagando dívida mais cara", observou.

lançamentos

Depois de encerrar os primeiros nove meses do ano com lançamentos de 1,3 bilhão de reais --ainda distante da meta de 2,7 a 3,3 bilhões de reais no ano-- a Gafisa disse que verá maior concentração empreendimentos lançados no último trimestre, acreditando na possibilidade de encerrar 2013 "em linha com a estimativa divulgada".

"O atraso na obtenção de algumas licenças e aprovações tanto no segmento Gafisa em São Paulo como em Alphaville deslocou parte dos lançamentos previstos para o quarto trimestre", afirmou a companhia em comentário sobre o desempenho trimestral.

Mesmo com a disposição de acelerar o ritmo, a empresa ressalvou que pode adiar lançamentos da divisão Gafisa no fim de ano, diante do que promete ser um período "ocupado" em termos de oferta, afirmou Calciolari.

"Se observarmos alguma concorrência que a gente perca a atenção do consumidor, podemos avaliar de novo e segurar produto", disse.

Segundo a XP Investimentos, o resultado da Gafisa foi "melhor que o esperado, porém com muita coisa a ser feita" e lembrou que, considerados os lançamentos divulgados para outubro, de 430 milhões de reais, a companhia atingiu o ponto médio de 58 por cento da meta para 2013.

De janeiro a setembro, as entregas da companhia chegaram a 7.779 unidades, ante meta de 13.500 e 17.500 imóveis no ano. Segundo a Gafisa, o último trimestre será mais concentrado em Tenda e Alphaville, com a incorporadora mantendo a expectativa de alcançar o guidance de entregas para o ano.

Por Marcela Ayres e Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below