Carlos Hamilton, do BC: inflação continua elevada e resistente

quarta-feira, 6 de novembro de 2013 18:55 BRST
 

Por Luciana Otoni

FORTALEZA, 6 Nov (Reuters) - O diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Araújo, afirmou nesta quarta-feira que a inflação continua elevada e resistente, dando indicações de que o aperto dos juros para o controle da inflação deve continuar.

O diretor disse ainda que a política fiscal brasileira pode se deslocar para a neutralidade e manteve a projeção de que a inflação neste ano será menor do que a de 2012.

"Além da dinâmica da demanda e da oferta, nesse período (12 meses) tivemos depreciação do real que certamente em alguma medida se manifesta na dinâmica dos índices de preços no atacado e no varejo e também choque de alimentos registrados no segundo semestre de 2012 e no primeiro semestre de 2013 deste ano", disse o diretor.

Apesar de resistente, o diretor disse, no entanto, que a inflação deste ano pode ficar abaixo dos 5,84 por cento registrados em 2012, considerando o efeito da alta dos juros na desaceleração dos preços.

A inflação continua elevada e resistente mesmo diante do forte aperto monetário posto em prática pelo BC desde abril deste ano. Nesse período, a Selic saiu da mínima histórica de 7,25 por cento ao ano para 9,5 por cento ao ano em outubro, com indicações do BC de que o aperto continuará.

POLÍTICA FISCAL

O diretor voltou a reafirmar que a política fiscal do governo converge para uma zona de neutralidade.

"De acordo essa medida (superávit estrutural), temos a visão de que a política fiscal para se deslocar para a neutralidade dentro do horizonte relevante da política monetária, que vai até 2015."   Continuação...