Lucro da Repsol cai por Líbia e desempenho fraco em refino

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 10:27 BRST
 

MADRI, 7 Nov (Reuters) - A petroleira espanhola Repsol teve uma queda de 22 por cento no lucro líquido ajustado do terceiro trimestre, na comparação anual, para 387 milhões de euros (523,5 milhões de dólares), atingida por interrupções de produção na Líbia e forte queda nas margens de refino.

As margens de refino caíram 60 por cento entre julho e setembro, enquanto o lucro subjacente antes de juros e impostos (Ebit) caiu 33 por cento, a 840 milhões de euros.

Porém, a Repsol viu a produção no geral subir 1,5 por cento com o início de grandes projetos na Bolívia, Rússia e Brasil, que ajudaram a compensar interrupções na Líbia, onde conflitos civis despertaram preocupações sobre paralisações prolongadas.

A produção total da Repsol no acumulado dos primeiros nove meses do ano subiu 8,2 por cento, para 354,3 mil barris de óleo equivalente (boe) por dia.

(Por Tracy Rucinski)