Remédio para câncer da Geron se mostra eficaz em testes

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 16:39 BRST
 

G:250, 7 Nov (Reuters) - Um total de 22 por cento dos pacientes tratados com a droga experimental da Geron para câncer de sangue estão agora livres da doença, uma vitória para a empresa após dois grandes reveses no passado.

As ações da Geron nesta quinta-feira subiram mais que o dobro durante as operações da manhã, atingindo o maior nível em quatro anos.

"Isso vai salvar a companhia porque era a última chance que tinham", disse George Zavoico, analista da MLV & Co à Reuters. "Isso realmente abre as portas para outras oportunidades em outras indicações".

Mais cedo, a Geron falhou em desenvolver a medicina para o câncer de sangue, o Imetelstat, para tratar câncer de mama. O remédio também parou de funcionar para câncer no cérebro.

A droga foi criada para combater a mielofibrose, uma rara forma de câncer no sangue e inibe a telomerase, uma enzima que permite a rápida multiplicação de células cancerígenas.

De acordo com a empresa, um paciente envolvido nos testes com a droga mostrou remissão parcial da doença.

(Reportagem de Vrinda Manocha)