S&P 500 tem pior dia desde agosto; ação do Twitter dispara

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 19:47 BRST
 

Por Angela Moon

NOVA YORK, 7 Nov (Reuters) - Compras frenéticas de ações do Twitter atraíram a atenção de Wall Street nesta quinta-feira, com o papel da rede social subindo bem acima das expectativas em sua estreia na bolsa, mas os principais índices fecharam no vermelho, com o Standard & Poor's 500 tendo o pior declínio diário desde agosto.

O índice Dow Jones recuou 0,97 por cento, para 15.593 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 1,32 por cento, para 1.747 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 1,90 por cento, para 3.857 pontos.

"O Twitter está monopolizando a atenção, mas devemos atentar a como o Nasdaq e as small caps estão sofrendo hoje enquanto papéis considerados apostas defensivas estão aguentando. Sugere que há rachaduras sob a superfície", disse o analista Ryan Detrick, do Schaeffer's Investment Research, Cincinnati, Ohio.

A ação do Twitter chegou a disparar 92 por cento em seu primeiro pregão na bolsa de valores de Nova York, com investidores comprando papéis do popular serviço de microblogging com fúria que remete aos dias da bolha "ponto com".

As ações abriram a 45,10 dólares, frente ao preço de 26 dólares na oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de quarta-feira, depois ampliou ganhos, atingindo a máxima acima de 50 dólares. O papel fechou com alta de 73 por cento, a 44,90 dólares, com volume de 117 milhões de ações.

"Isso coroa o Twitter como provavelmente o IPO mais caro em termos de preço-sobre-vendas na História", disse o diretor de gestão do Capital Advisors, Channing Smith. "Com esse múltiplo, você está apostando em que tudo vai dar certo."

O resto do mercado foi menos otimista. O papel da Qualcomm caiu 3,8 por cento, para 67,09 dólares e foi uma das ações que mais influenciou negativamente tanto o S&P 500 quanto o Nasdaq 100, após a companhia projetar receita abaixo das expectativas.