BM&FBovespa prevê volume moderado de ofertas de ações em 2014

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 13:31 BRST
 

SÃO PAULO, 8 Nov (Reuters) - O cenário externo desafiador e o período eleitoral devem fazer com que as ofertas de ações em 2014 tenham um ritmo moderado, disse o presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, avaliando que um volume similar ao registrado em 2013 seria considerado satisfatório.

"Eu já ficaria satisfeito se o volume do ano que vem repetisse o deste ano", afirmou o executivo em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Até o momento, foram quase 20 bilhões de reais em ofertas primárias e secundárias em 2013, volume impulsionado pela oferta da BB Seguridade.

Segundo Edemir, existem várias ofertas "represadas" que podem sair no próximo ano, mas o cenário internacional desafiador, com previsão de corte de estímulos do Federal Reserve à economia norte-americana, e o período eleitoral no Brasil devem deixar o mercado morno.

"A participação do investidor estrangeiro ainda é muito grande, principalmente nas ofertas de médio e grande porte", afirmou.

Na véspera, a bolsa paulista divulgou um tímido avanço de 1,8 por cento no lucro trimestral sobre igual período de 2012, a 281,6 milhões de reais, afetada por menores volumes de negócios e queda nas margens.

Em relação ao recuo dos volumes de derivativos no terceiro trimestre, o executivo disse que essa não foi uma tendência vista apenas no mercado brasileiro, e que a alta base de comparação influenciou o resultado.

Na comparação anual, as despesas no terceiro trimestre cresceram 10,4 por cento devido ao impacto do dissídio e despesas com processamento de dados, completou Eduardo Guardia, diretor de produtos e relação com investidores. Mesmo assim, ele afirmou que as despesas anuais vão crescer abaixo da inflação.

Os investimentos ficarão entre 260 milhões e 290 milhões de reais em 2013, conforme guidance dado anteriormente, sendo que no quarto trimestre serão investidos de 60 milhões a 90 milhões de reais.   Continuação...

 
Presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, durante a Cúpula de Investimento no Brasil, em São Paulo, 23 de novembro de 2010. Edemir Pinto afirmou nesta sexta-feira que tem expectativa moderada sobre ofertas públicas iniciais de ações (IPO) na bolsa no próximo ano. 23/11/2010 REUTERS/Paulo Whitaker