Uso da capacidade instalada na indústria brasileira recua em setembro ante agosto--CNI

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 11:05 BRST
 

BRASÍLIA, 8 Nov (Reuters) - A utilização da capacidade instalada na indústria brasileira recuou em setembro ante agosto, ao mesmo tempo em que o faturamento também caiu, refletindo a dificuldade do parque fabril em engatar um ritmo de expansão mais firme.

A utilização da capacidade instalada ficou em 81,9 por cento em setembro, ligeiramente menor que o dado de 82,1 por cento em agosto, informou nesta sexta-feira a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O faturamento real dessazonalizado da indústria caiu 2,5 por cento no mesmo período.

As horas trabalhadas na produção diminuíram 0,5 por cento em setembro na comparação com o mês anterior, enquanto o emprego avançou 0,1 por cento.

Em setembro, a CNI elevou para 1,4 por cento, ante 1 por cento, a projeção de expansão do setor industrial para este ano já considerando ganhos de competitividade provocados pelo dólar mais valorizado ante o real.

(Por Nestor Rabello; Edição de Patrícia Duarte)