JPMorgan concluirá plano de cortes de pessoal antes do previsto

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 15:10 BRST
 

8 Nov (Reuters) - O JPMorgan Chase espera completar seu anunciado plano de eliminar 4 mil empregos do negócio de varejo até o final do ano, 12 meses à frente do programado, disse um executivo do banco nesta sexta-feira.

O JPMorgan está aumentando o uso de ferramentas eletrônicas, como depósitos móveis, contas online e caixas eletrônicos avançados, para lidar com transações básicas de varejo e reduzir a necessidade de pessoal em suas 5.652 agências, disse Gordon Smith, presidente-executivo da unidade Chase Consumer & Community Banking, que representa quase metade da receita e lucro do JPMorgan.

Smith disse, em conferência de investidores em Boston, que a companhia também terá reduzido 11 mil posições da operação de hipotecas até o final do ano, comparado a seu plano de reduzir pessoal de 13 mil a 15 mil até o final de 2014.

Toda a unidade de Smith, que inclui agências, hipotecas e cartões, empregava 156 mil pessoas ao final de setembro.

Assim como outros bancos, o JPMorgan está sob crescente pressão de investidores para cortar despesas porque a receita está caindo devido a baixas taxas de juros, fraca demanda para empréstimos e regulações mais rígidas sobre tarifas.

(Por David Henry em Nova York)