Cristiano Ronaldo marca três em goleada do Real no Sociedad

sábado, 9 de novembro de 2013 15:56 BRST
 

9 Nov (Reuters) - Cristiano Ronaldo marcou três gols e o Real Madrid sacudiu a rede do Real Sociedad quatro vezes no primeiro tempo da goleada de 5 x 1 deste sábado em casa pelo Campeonato Espanhol.

O prolífico meia-atacante português elevou sua marca para inéditos 16 gols em 13 jogos na atual temporada, abrilhantando sua condição de artilheiro da Liga dos Campeões, onde tem oito gols em quatro partidas.

Karim Benzema e Sami Khedira fizeram os outros, e o time do técnico Carlo Ancelotti subiu para a terceira colocação, com 31 pontos, dois atrás do rival local Atlético de Madri, que visita o Villareal no domingo.

Líder invicto, o Barcelona soma 34 pontos e visita o Real Betis em dificuldades no último jogo de domingo.

Ancelotti aparenta ter fixado o trio atacante com Gareth Bale, Karim Benzema e Cristiano Ronaldo, uma linha de frente apelidada de ‘BBC' pela mídia local, e seu ritmo devastador desmontou os visitantes bascos na primeira etapa.

Ronaldo já tinha acertado o travessão quando conferiu o gol de abertura aos 12 minutos. Um cruzamento flutuante de Benzema o encontrou desmarcado junto à trave, e o português marcou mesmo quase sem ângulo.

Ronaldo devolveu o favor pouco depois cruzando baixo para o francês conferir aos 18 minutos, e depois conseguiu um pênalti para fazer o terceiro quando Markel Bergara tocou a bola com a mão sem querer em uma dividida na área.

No quarto jogo consecutivo contra o Sociedad no campo do Real, Ronaldo marcou dois e ajeitou o quarto gol para Khedira aos 36 minutos com um passe.

O lateral francês Antoine Griezmann descontou para os visitantes com uma bela bola por cobertura aos 16 minutos da segunda etapa, mas Ronaldo pôs fim a qualquer possibilidade de um desmoronamento defensivo como os que o Real andou sofrendo, ao fazer seu quinto gol.

Ronaldo bateu uma cobrança de falta com uma bola curva que passou por cima da barreira e deixou o goleiro Claudio Bravo sem reação aos 31 da etapa complementar e ainda desperdiçou um sexto tendo somente o goleiro pela frente nos momentos finais.

(Por Mark Elkington)