Grandes bancos podem bloquear acesso de traders a salas de chat--WSJ

segunda-feira, 11 de novembro de 2013 09:18 BRST
 

(Reuters) - Grandes bancos estão considerando desabilitar as salas de bate-papo online que conectam traders em muitas instituições financeiras por preocupações ante atenção maior de agentes reguladores, publicou o Wall Street Journal, citando pessoas próximas às discussões.

JPMorgan Chase, Credit Suisse Group e Citigroup, dentre outros, estão revisando o uso de salas de bate-papo sob preocupações que alguns destes fóruns são vistos pelos reguladores como caminhos em potencial para manipulação de mercado e conluio.

As investigações estão focadas em salas de bate-papo com nomes como "O Cartel", disseram fontes ao jornal.

Comunicações via chat tiveram grande importância em uma investigação de cinco anos sobre a manipulação da importante taxa de juros referencial Libor, ou taxa interbancária oferecida de Londres, que custou bilhões de dólares aos bancos em acordos extra-judiciais, com mais multas sendo aguardadas.

O porta-voz do JPMorgan, Joseph Evangelisti, não quis comentar sobre a notícia do WSJ quando contatado pela Reuters.

O Credit Suisse e o Citigroup não puderam ser imediatamente contatados pela Reuters fora do horário comercial normal.