November 11, 2013 / 7:38 PM / 4 years ago

Dólar sobe 0,5% ante real mesmo após BC anunciar rolagem antecipada de swap

5 Min, DE LEITURA

Por Bruno Federowski e Marília Carrera

SÃO PAULO, 11 Nov (Reuters) - O dólar fechou em alta frente ao real pela terceira sessão consecutiva nesta segunda-feira, mesmo após o Banco Central anunciar a rolagem antecipada de contratos de swap cambial tradicional que vencem no começo de dezembro, numa sessão marcada por liquidez reduzida.

Investidores continuam preocupados com a deterioração das contas públicas brasileiras e com os próximos passos da política monetária dos Estados Unidos.

O dólar avançou 0,51 por cento, a 2,3303 reais na venda, maior nível de fechamento desde o começo de setembro. Na máxima, a divisa chegou a ser negociada a 2,3433 reais. Segundo dados da BM&F, o volume de negociação ficou em cerca de 603 milhões de dólares.

"Há todo um processo negativo que leva o dólar para cima", disse o especialista em câmbio da Icap Corretora Ítalo dos Santos.

A tendência de alta ocorre em meio a deterioração das contas públicas, cujo setor público registrou forte déficit primário em setembro. Além disso, operadores citam haver uma falta de oferta da divisa no mercado brasileiro.

E isso deve se agravar. A divisa norte-americana deve continuar caminhando em direção ao patamar de 2,35 reais, uma vez que a demanda por moeda costuma ganhar força no fim do ano, com multinacionais fechando seus balanços e enviando remessas ao exterior, segundo especialistas.

O programa de intervenções diárias do BC e o anúncio antecipado da rolagem contratos de swap cambial que vencem em 2 de dezembro devem suavizar o movimento. Mas há dúvidas sobre se a autoridade monetária conseguirá reverter a valorização.

"O BC anunciou a rolagem na primeira semana do mês e isso dá uma aliviada momentânea. Mas se ele é o único vendendo dólar, o dólar sobe de qualquer jeito", disse Santos, da Icap.

Após o fechamento do mercado, o BC anunciou a oferta na terça-feira de 20 mil contratos de swap cambial tradicional para a rolagem de parte dos contratos que vencem no início de dezembro. O BC não informou se fará novos leilões para a rolagem total dos contratos que vencem em dezembro, equivalentes a 10,110 bilhões de dólares.

Para o estrategista-chefe do Banco Mizuho, Luciano Rostagno, o BC deve rolar integralmente os contratos e isso deverá conter a valorização do dólar ante o real, mantendo a divisa no patamar entre 2,15 reais e 2,20 reais.

"A gente tem visto o câmbio pressionado e seria prudente fazer a rolagem integral para dar suporte ao real", afirmou Rostagno.

"O dólar acima de 2,30 reais pode contribuir para a inflação. Então, acho que o BC deve estar preocupado com a velocidade de desvalorização do real nas últimas semanas, porque isso gera pressão inflacionária", acrescentou.

Volume

A moeda norte-americana chegou a operar durante toda a manhã em leve queda, mas acabou virando justamente por conta do baixo volume de operações devido ao feriado do Dia dos Veteranos, que fechou parcialmente os mercados nos EUA. O movimento de desvalorização da moeda foi atribuído a uma reação ao anúncio de rolagem dos swaps.

O dólar vem ganhando terreno ante o real desde a semana passada após a divulgação de dados melhores que o esperado do mercado de trabalho nos Estados Unidos, uma das principais variáveis utilizadas pelo Federal Reserve, BC norte-americano, para definir os próximos passos de sua política monetária.

A criação de empregos nos EUA acelerou inesperadamente em outubro, apesar da paralisação temporária do governo. Os empregadores abriram 204 mil novas vagas no mês passado, bem acima de estimativa de pesquisa Reuters de criação de 125 mil postos de trabalho.

Novos sinais de fortalecimento da maior economia do mundo sustentavam expectativas de que o Fed pode começar a reduzir seu programa de compra de ativos já em dezembro, diminuindo a liquidez nos mercados internacionais. Atualmente, o Fed injeta 85 bilhões de dólares por mês na economia norte-americana, e parte destes recursos costuma migrar para países emergentes em busca de rendimentos maiores.

Nesta manhã, o BC ainda realizou mais um leilão de swap cambial tradicional previsto em seu cronograma de atuações diárias no mercado cambial, com a venda de 7.650 contratos com vencimento em 1º de abril de 2014 e 2.350 contratos com vencimento em 2 de junho de 2014. Os volumes financeiros equivalentes das operações foram de 380,6 milhões e 116,5 milhões de dólares, respectivamente.

O BC anunciou para terça-feira um leilão com as mesmas condições da oferta desta segunda.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below