Henkel eleva meta de margem por demanda em mercados emergentes

terça-feira, 12 de novembro de 2013 10:14 BRST
 

FRANKFURT, 12 Nov (Reuters) - O grupo alemão de produtos de consumo Henkel elevou sua expectativa de margem de lucro para o ano após a demanda por sabão em pó e adesivos industriais em mercados emergentes ajudar a ofuscar problemas com câmbio no terceiro trimestre.

A Henkel disse que adesivos, que respondem por metade do seu negócio, foram impulsionados pela América Latina, Europa Oriental e Ásia, atingindo um retorno ajustado sobre as vendas de 17,8 por cento pela primeira vez, enquanto as vendas em sua unidade de lavanderia e cuidados domésticos subiram 5,5 por cento.

A Henkel divulgou nesta terça-feira um lucro antes de impostos e juros (Ebit) ajustado de 672 milhões de euros (901 milhões de dólares) no terceiro trimestre, acima da expectativa média de 659 milhões de euros em uma pesquisa da Reuters.

O grupo espera agora uma margem Ebit ajustada de cerca de 15 por cento para o ano, ante expectativa anterior de 14,5 por cento.

As vendas da Henkel no trimestre caíram inesperadamente para 4,18 bilhões de euros, contra a expectativa média de 4,34 bilhões por efeitos de câmbio.

(Por Victoria Bryan)