Empresa de frete aéreo Global Aviation entra em concordata de novo

terça-feira, 12 de novembro de 2013 13:08 BRST
 

12 Nov (Reuters) - A Global Aviation Holdings, maior fornecedora de fretamento aéreo para as forças armadas dos Estados Unidos, entrou novamente com pedido de concordata nesta terça-feira, poucos meses após emergir de um processo de reestruturação.

A empresa havia entrado com pedido de concordata anteriormente em 2012 para alcançar "competitividade no setor" com cortes nos custos e na carga de dívida, e saiu do processo em fevereiro deste ano.

Como parte do atual processo de concordata, a empresa disse que está tomando "medidas para alinhar sua estrutura de custos com as realidades da demanda do mercado".

A Global Aviation disse que a continuada desaceleração mundial nos mercados de fretamento comercial, em conjunto à decisão das forças armadas dos EUA de reduzir sua expansão em voos de carga, tornou necessário o pedido da empresa por um processo de reestruturação supervisionado por uma corte.

Em documento entregue à corte, a Global Aviation disse que a decisão dos militares reduziria a receita estimada de 2014 da empresa em cerca de 54 milhões de dólares, e criará "um excesso de oferta significativo nos negócios de fretamento de cargas militares".

A empresa disse que espera cortar cerca de 16 por cento dos postos de trabalho nos próximos 90 dias.

(Por Sakthi Prasad)