Alitalia prevê demissões em massa para atrair investidores

terça-feira, 12 de novembro de 2013 16:20 BRST
 

ROMA/MILÃO, 12 Nov (Reuters) - A endividada companhia aérea italiana Alitalia planeja a primeira demissão em massa desde que foi privatizada em 2008 para reduzir custos e atrair potenciais novos parceiros enquanto sua principal acionista, a Air France-KLM, recusa-se a se comprometer com um investimento.

Em uma reunião do Conselho marcada para às 17h GMT (15h de Brasília), o presidente-executivo Gabriele del Torchio, um especialistas em recuperação de companhias, deverá divulgar um plano industrial agressivo que poderá incluir milhares de demissões e cortes salariais para tornar a Alitalia mais eficiente e lucrativa.

A Air France-KLM, que detém 25 por cento da Alitalia, e outros investidores terão até meia-noite de quinta-feira para avaliar a estratégia, uma atualização do plano inicial de julho feito por Del Torchio, e decidir se irão subscrever o aumento de capital de 300 milhões de euros que a Alitalia precisa fazer para se manter à tona.

(Por Agnieszka Flak e Alberto Sisto)