Relatório de emprego não muda data de corte de estímulo, diz Lockhart, do Fed

terça-feira, 12 de novembro de 2013 17:54 BRST
 

MONTGOMERY, EUA, 12 Nov (Reuters) - O "encorajador" relatório de emprego de outubro não altera fundamentalmente a equação a ser utilizada por integrantes do Federal Reserve em sua reunião no mês que vem para decidir se vão reduzir o ritmo das compras de títulos do banco central dos Estados Unidos, disse nesta terça-feira o presidente do Fed de Atlanta, Dennis Lockhart.

Lockhart afirmou a jornalistas que o corte no programa de estímulo monetário continua sendo uma possibilidade na reunião de 17 e 18 de dezembro.

Ele acrescentou que as autoridades podem discutir reduzir a banda que desencadearia o aumento das taxas de juros para taxa de desemprego de 6,0 por cento, ante os atuais 6,5 por cento. Lockhart disse estar confortável com uma taxa de 6,5 por cento por ora.

(Reportagem de Jonathan Spicer)