Nissan diz que produção no México deve chegar a 1 mi de carros até 2016

terça-feira, 12 de novembro de 2013 18:20 BRST
 

AGUASCALIENTES, México, 12 Nov (Reuters) - A japonesa Nissan Motor deve passar a fabricar 1 milhão de carros no México até 2016, cimentando a posição da segunda maior economia da América Latina como principal centro de exportação da montadora para as Américas, afirmou o presidente-executivo da Renault-Nissan, Carlos Ghosn, nesta terça-feira.

Do total que será produzido no México, cerca de 300 mil serão destinados ao mercado local, e o restante, 700 mil carros, será embarcado para a América do Sul e do Norte, disse o executivo.

"Nós gostamos do México, porque nos permite ser competitivos", disse Ghosn em uma entrevista na nova fábrica mexicana.

"Não é apenas sobre o custo, mas também sobre a qualidade e sobre a capacidade de resposta - capacidade de resposta às variações do mercado muito rapidamente."

Ao participar de inauguração de uma fábrica de 2 bilhões de dólares em Aguascalientes, Ghosn disse à Reuters que os carros elétricos permanecem sendo "um foco chave". Ele acrescentou que continua otimista sobre o potencial da tecnologia, apesar de uma absorção mais lenta que a esperada pelo mercado.

(Por Elinor Comlay)