Ações asiáticas recuam por ansiedade com estímulo do Fed

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 07:43 BRST
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO, 13 Nov (Reuters) - As ações asiáticas atingiram mínimas em seis semanas nesta quarta-feira visto que sinais mistos de autoridades do banco central dos Estados Unidos levantaram novas preocupações acerca de uma redução iminente de seu estímulo.

Às 7h37 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,55 por cento, atingindo o menor nível em mais de um mês no pregão, a caminho de registrar a quinta queda consecutiva.

As ações chinesas tiveram desempenho abaixo da média do mercado depois que o comunicado inicial da crucial reunião do Partido Comunista para estabelecer os planos da agenda de reformas para a próxima década forneceu poucos detalhes concretos.

O presidente do Federal Reserve de Atlanta, Dennis Lockhart, disse a repórteres na terça-feira que a redução do "quantitative easing" (programa de compra de títulos) do banco central dos EUA permanece como uma possibilidade na próxima reunião de política, em 17 e 18 de dezembro, embora tenha dito que a política deve continuar expansionista.

Os sinais de autoridades do banco central têm sido mistos, com o presidente do Fed de Minneapolis, Narayana Kocherlakota, falando sobre a necessidade de ação agressiva para estimular o crescimento.