Ação da Gol despenca após 7o trimestre de prejuízo

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 15:44 BRST
 

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 13 Nov (Reuters) - As ações da empresa aérea Gol operavam em forte baixa no pregão desta quarta-feira, após a empresa ter divulgado sétimo trimestre consecutivo de prejuízo, apesar de registrar melhoras operacionais que reduziram o tamanho das perdas.

Às 15h19, a ação da empresa caía 5,8 por cento, a 9,39 reais, diante de variação positiva de 0,23 por cento do Ibovespa.

Apesar de novo resultado trimestral negativo, registrado entre julho e setembro, a Gol reduziu o prejuízo em 36 por cento ante o terceiro trimestre de 2012 e em 54 por cento na comparação com o segundo trimestre deste ano.

O prejuízo foi de 197 milhões de reais, com margem de lucro antes de juros e impostos (Ebit) de 1,7 por cento ante margem negativa de 1,8 por cento entre abril e junho.

Para analistas do Citi, que esperavam prejuízo de 28 milhões de reais, o resultado foi "marginalmente positivo".

"Os níveis de alavancagem financeira da companhia melhoraram e o Ebitdar de 373 milhões de reais superou com facilidade os 258 milhões reportados para o ano de 2012 inteiro. Continuamos compradores de Gol, apesar de esperarmos reação negativa na sessão de hoje", afirmou o Citi em relatório.

A Gol viu a sua relação entre dívida líquida ajustada e Ebitdar (lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e aluguel de aeronaves) cair de 14,3 para 7,7 vezes entre o terceiro trimestre de 2012 e igual período deste ano.

"Apesar de todos os esforços, o cenário ainda não está confortável, e ainda há muito a ser feito", disseram analistas do Itaú BBA.   Continuação...