Bouygues mantém opções abertas para sua participação na Alstom

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 18:57 BRST
 

PARIS, 13 Nov (Reuters) - O conglomerado francês Bouygues disse nesta quarta-feira que mantém abertas as opções sobre sua fatia na Alstom e não tem pressa de tomar a decisão, mas elogiou a reestruturação planejada pela fabricante de trens e turbinas.

A Alstom, que tem o Bouygues como maior acionista com 29 por cento, disse na semana passada que cortaria 1.300 empregos e venderia até 2 bilhões de euros (2,7 bilhões de dólares) em ativos para levantar capital após um duro primeiro semestre.

O grupo, que foi ajudado pelo governo francês há dez anos antes de entregar sua participação para o Bouygues, absteve-se de pedir aos seus acionistas para participar de um aumento de capital. Em vez disso, a Alstom planeja vender uma participação minoritária na sua unidade de transportes e se desfazer de ativos não essenciais para reforçar o seu balanço.

"Achamos que é uma boa ideia e a apoiamos totalmente", disse o diretor financeiro do Bouygues Philippe Marien a analistas em uma teleconferência após a divulgação dos resultados trimestrais.

A Alstom contribuiu com 51 milhões de euros para o lucro líquido do Bouygues no terceiro trimestre, quase 24 por cento menos do que no mesmo período do ano passado.

(Por Natalie Huet e Gilles Guillaume)