Lucro da Aliansce cai 29%, afetado por despesas financeiras

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 19:36 BRST
 

SÃO PAULO, 13 Nov (Reuters) - A administradora de shopping centers Aliansce viu o lucro líquido cair 29 por cento no terceiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, a 15,4 milhões de reais, impactada por maiores despesas financeiras.

Entre julho e setembro, o resultado financeiro da companhia veio negativo em 39,9 milhões de reais, alta de 63,1 por cento na comparação anual.

Segundo a companhia, os recursos contratados para investimentos realizados ao longo de 2012 foram os principais responsáveis pelo aumento das despesas financeiras líquidas.

Com isso, a Aliansce encerrou o trimestre com queda no lucro trimestral, apesar de ter elevado a receita e o resultado operacional medido pelo Ebitda, sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização.

A receita líquida da companhia subiu 18,7 por cento na comparação anual, a 108,7 milhões de reais, ajudada pelo aumento de 23 por cento na receita com aluguéis, para 82,9 milhões de reais.

Já o Ebitda da Aliansce foi de 78 milhões de reais, alta de 17,8 por cento sobre mesma etapa de 2012. Segundo a companhia, há expectativa de avanço nessa linha com o crescimento orgânico do portfólio e abertura de novos empreendimentos.

A companhia encerrou o trimestre com ocupação de 97,3 por cento nos seus shoppings, aumento de 0,1 ponto percentual sobre o trimestre anterior, mas recuo de 1 ponto percentual sobre mesmo trimestre de 2012.

Avaliando que o desempenho do portfólio mostrou "resiliência num cenário com lojistas mais cautelosos e seletivos", a empresa registrou aumento anual de 19,8 por cento nas vendas feitas em seus centros de compra no trimestre.

(Por Marcela Ayres)