Índices acionários dos EUA Dow e S&P fecham em máximas históricas impulsionados por Macy's

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 20:28 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 13 Nov (Reuters) - Os índices Dow Jones e Standard & Poor's 500 fecharam em máximas históricas nesta quarta-feira, impulsionados por ganhos em ações de bens de consumo, após resultados da Macy's aliviarem preocupações sobre a temporada de fim de ano para os varejistas.

O índice Dow Jones avançou 0,45 por cento, para o recorde histórico de 15.821 pontos. O índice Standard & Poor's 500 subiu 0,81 por cento, e também fechou em nível recorde a 1.782 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 1,16 por cento, para 3.965 pontos.

Os futuros dos índices acionários dos EUA subiram após o fechamento do mercado, com a divulgação antecipada das declarações introdutórias da vice-chair do Federal Reserve, Janet Yellen, fará ao Comitê Bancário do Senado, na quinta-feira, para confirmação de sua indicação para suceder o atual chairman do banco central norte-americano, Ben Bernanke.

Ao longo da tarde, as bolsas de valores foram impulsionadas pela expectativa de que as declarações de Yellen seriam publicadas após o fechamento.

O papel da Macy's disparou 9,4 por cento para 50,68 dólares, máxima recorde, após a operadora de lojas de departamento informar que promoções deram força às vendas, com os negócios melhorando antes da temporada de fim de ano. O rali, após a divulgação dos resultados melhores do que o esperado, alimentou a demanda por ações de bens de consumo.

"A Macy's divulgou números incríveis. Teve um impacto significativo sobre tudo relacionado a bens de consumo. Eu acho que as expectativas estavam bastante baixas para a temporada de fim de ano e eu acho que isso acordou muitas pessoas", disse o diretor de gestão de negociações do Wedbush Securities em Los Angeles, Michael James.

(Reportagem de Caroline Valetkevitch)