Déficit comercial dos EUA aumenta; importações se aproximam de máxima em um ano

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 11:58 BRST
 

WASHINGTON, 14 Nov (Reuters) - O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou mais que o esperado em setembro, na medida em que as importações subiram para seu maior nível em quase um ano, o que provavelmente poderia reduzir as estimativas de crescimento para o terceiro trimestre.

O Departamento do Comércio informou, nesta quinta-feira, que o déficit comercial aumentou 8 por cento para 41,8 bilhões de dólares, o maior nível desde maio. O déficit de agosto na balança comercial foi revisado para 38,7 bilhões de dólares, ante os 38,8 bilhões divulgados anteriormente.

Economistas pesquisados pela Reuters esperavam que o déficit comercial subisse levemente para 39 bilhões de dólares em setembro.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

 
Notas de cem dólares são fotografadas em um banco em Seoul, Coreia do Sul. O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou mais que o esperado em setembro, na medida em que as importações subiram para seu maior nível em quase um ano, o que provavelmente poderia reduzir as estimativas de crescimento para o terceiro trimestre. 02/08/2013. REUTERS/Kim Hong-Ji