Zurich diz que não atingirá meta em Seguros Gerais

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 12:03 BRST
 

ZURIQUE, 14 Nov (Reuters) - A Zurich Insurance, abalada pelo suicídio de seu vice-presidente financeiro há menos de três meses, disse na quinta-feira que não atingiria uma meta de rentabilidade do fim do ano em sua maior unidade, a General Insurance.

As metas da Zurich estavam no centro de um desentendimento entre o ex-presidente do conselho da seguradora, Josef Ackermann, e o vice-presidente financeiro, Pierre Wauthier, que segundo fontes escreveu sobre o atrito em uma nota antes de tirar a própria vida em agosto.

A seguradora disse que a unidade, que inclui propriedade, automóveis e outras áreas não relacionadas a vida, não atingiria a meta de melhorar o índice combinado, um indicador de rentabilidade, em 3 a 4 pontos percentuais em comparação à concorrência.

Embora a Zurich não tenha conseguido atingir algumas metas, ela divulgou um salto de 64 por cento em seu lucro líquido no terceiro trimestre. Os resultados robustos ajudaram a elevar suas ações após meses de turbulência marcados pelo suicídio de Wauthier e a subsequente renúncia de Ackermann, o que pressionou as ações à maior baixa em nove meses.

O lucro líquido subiu para 1,103 bilhão de dólares, acima da estimativa de 1,048 bilhão de dólares da pesquisa da Reuters com analistas.

(Por Alice Baghdjian e Paul Arnold)