Procura de consumidores por crédito cresce 6,5% em outubro--Serasa

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 12:08 BRST
 

SÃO PAULO, 14 Nov (Reuters) - A demanda de consumidores por crédito cresceu 6,5 por cento em outubro, recuperando-se em parte da queda de 9,8 por cento de setembro, puxada pela maior procura principalmente na faixa de baixa renda, informou a Serasa Experian nesta quinta-feira.

Na comparação com outubro do ano passado, porém, a procura de pessoas físicas por crédito recuou 5,2 por cento.

Segundo a Serasa, fatores como as sucessivas escaladas da taxa básica do juro, que desestimula a ampliação de níveis de endividamento ao encarecer o crédito, e a greve bancária, que se encerrou apenas no dia 14 de outubro, podem ter dificultado o acesso de consumidores a linhas de créditos no mês passado.

O crescimento da procura por crédito na faixa de renda de até 500 reais mensais foi de 12,1 por cento, enquanto a procura entre aqueles que ganham de 500 a 1 mil reais aumentou 9,8 por cento em outubro.

Já nas faixas de renda mais altas, de entre 5 mil e 10 mil reais e mais de 10 mil reais mensais, houve recuo 3,1 e 2,3 por cento, respectivamente.

(Por Renan Fagalde)