Governo prevê leiloar mais quatro trechos de rodovias em 2013

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 19:37 BRST
 

Por Cesar Bianconi e Leonardo Goy

BRASÍLIA, 14 Nov (Reuters) - O governo federal deve realizar até o fim de 2013 mais quatro leilões de concessão de rodovias federais e acredita no sucesso de todos eles, disse à Reuters nesta quinta-feira o ministro dos Transportes, César Borges.

Dois leilões já estão agendados. No dia 27 ocorrerá o leilão da BR-163 no Mato Grosso. Em 4 de dezembro, será a vez da licitação do lote que envolve trechos das BRs 060/153/262 entre Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.

O governo espera leiloar também a BR-163 no Mato Grosso do Sul em 13 de dezembro e a BR-040 (MG-DF) em 27 de dezembro. O último ainda depende da aprovação do edital pelo Tribunal de Contas da União (TCU) até o fim deste mês, disse o ministro em entrevista exclusiva.

"Estou muito otimista com todos esses lotes, os quatro. Deveremos ter sucesso", disse o ministro, que tem hoje uma das missões mais estratégicas dentro do governo da presidente Dilma Rousseff.

Segundo ele, esses quatro leilões, mais a licitação da BR-050 (GO-MG) já realizada em setembro, deverão gerar investimentos de cerca de 2 bilhões de reais em 2014.

As concessões logísticas são a principal aposta do governo para estimular investimentos e solucionar problemas de transportes, um dos maiores gargalos para o crescimento da economia. Além de rodovias e ferrovias sob a pasta de Borges, há ainda leilões de aeroportos e portos com outros ministérios.

Após o fracasso do leilão da BR-262, em setembro, quando nenhum investidor se interessou pelo trecho, o governo aprofundou conversas com investidores para tentar minimizar problemas que poderiam tirar o interesse por outras licitações.

Uma das decisões foi a de leiloar uma rodovia por vez, priorizando os trechos mais atrativos. Outra decisão foi reavaliar planos para essa e outras três rodovias, BR-101 (BA), BR-116 (MG) e BR-153 (GO-TO), que só serão licitadas no ano que vem e que talvez não se viabilizem como concessões puras.   Continuação...

 
Veículos usam seção recém-pavimentada de rodovia perto de Marabá, Pará. O governo deve realizar até o fim de 2013 mais quatro leilões de concessão de rodovias federais e acredita no sucesso de todos eles, disse à Reuters nesta quinta-feira o ministro dos Transportes, César Borges. 16/08/2009 REUTERS/Paulo Santos