Ações europeias se aproximam de máximas em 5 anos; Vivendi avança

sexta-feira, 15 de novembro de 2013 16:16 BRST
 

Por Julia Fioretti

LONDRES, 15 Nov (Reuters) - Perspectivas de que as políticas de bancos centrais continuem expansionistas mantiveram as ações europeias próximas de máximas em cinco anos nesta sexta-feira, com a ação da Vivendi avançando após o resultado da empresa superar estimativas.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis europeus, fechou em alta de 0,3 por cento, a 1.297 pontos, se aproximando da máxima em cinco anos de 1.316 pontos atingida em 7 de novembro. O índice também garantiu sua sexta semana seguida de ganhos, embora tenha acumulado o menor ganho durante tal período.

A ação da Vivendi, conglomerado francês de mídia e telecomunicações, avançou 3 por cento e tendia a continuar subindo. "Eu certamente consideraria comprar o papel da Vivendi. Eu vejo um potencial de alta remanescente entre 6 e 8 por cento para ele", afirmou o consultor de investimentos Edward Smyth, da JNF Capital.

O mercado acionário europeu têm sido amparado por políticas monetárias expansionistas nos países desenvolvidos. O índice Euro STOXX 50 avançou 17 por cento desde o início de 2013 e o FTSEurofirst 300 subiu 14 por cento.

A indicada para comandar o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, defendeu na quinta-feira o programa de compra de ativos de 85 bilhões de dólares mensais da autoridade monetária, que aumentou a demanda de investidores por ativos mais arriscados, como ações.

Já o Banco Central Europeu (BCE) cortou na semana passada sua taxa de juros para uma mínima recorde de 0,25 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,41 por cento, a 6.693 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,21 por cento, para 9.168 pontos.   Continuação...