Aéreas do Golfo realizam pedidos de US$150 bi; Boeing lança jato

domingo, 17 de novembro de 2013 17:15 BRST
 

DUBAI, 17 Nov (Reuters) - Companhias aéreas do Golfo realizaram mais de 150 bilhões de dólares em pedidos de novas aeronaves no primeiro dia do Dubai Airshow, ressaltando uma mudança de poder na indústria da aviação e dando um impulso para o lançamento oficial do mais novo jato da Boeing, bem como do superjumbo A380 da Airbus.

Sob o céu nebuloso, xeques e membros da família governante de Dubai e da vizinha Abu Dhabi observaram fileiras de jatos de passageiros e pavilhões de armas no novo galpão de 645 mil metros quadrados, construído para mostrar o maior hub de aviação no Oriente Médio e superar eventos-vitrine tradicionais do setor na Grã-Bretanha e na França.

A Emirates, baseada em Dubai, liderou a onda de compras neste domingo, com uma encomenda de 150 novos 777 mini-jumbo da Boeing, em um negócio no valor de 76 bilhões de dólares a preços de tabela. A empresa também encomendou 50 Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo, avaliado em 23 bilhões de dólares.

Com a demanda de outras operadoras do Golfo, incluindo Etihad Airways e Qatar Airways, a Boeing anunciou compromissos para um total de 259 novos jatos 777, previamente denominado de 777X, no valor de 100 bilhões de dólares a preços correntes - o maior pedido combinado em sua história e confirmando notícias anteriores da Reuters.

"A resposta para o 777X tem sido surpreendente", disse o presidente do Conselho da Boeing, James McNerney, em entrevista coletiva para lançar oficialmente o novo avião, ao lado do governante de Dubai xeque Mohammed bin Rashid al-Maktoum.

Companhias aéreas do Golfo estão competindo por uma participação no tráfego inundando de toda a região, devido à sua crescente prosperidade e localização estratégica entre o Oriente e o Ocidente. E com muitas companhias aéreas europeias atingidas pela recessão e precisando de dinheiro, os negócios no Golfo são cada vez mais importantes para Boeing e Airbus.

(Por Praveen Menon e Nadia Saleem)