China e BC fazem dólar cair mais de 2% e voltar abaixo de R$2,30

segunda-feira, 18 de novembro de 2013 17:04 BRST
 

SÃO PAULO, 18 Nov (Reuters) - As perspectivas de maior liberalização na China, potencializadas pela estratégia do Banco Central em suas intervenções no câmbio, fizeram o dólar fechar em queda superior a 2 por cento nesta segunda-feira, a maior em dois meses.

A divisa norte-americana caiu 2,30 por cento, cotada a 2,2682 reais na venda, maior recuo desde 18 de setembro, quando a queda foi de 2,89 por cento. Segundo dados da BM&F, o volume de negociação ficou em torno de 1 bilhão de dólares.

Desde o último dia 7, o dólar não fechava abaixo do patamar de 2,30 reais e, segundo especialistas, pode estar se acomodando num nível considerado mais confortável para o Banco Central.

(Reportagem de Marília Carrera e Tiago Pariz; Edição de Patrícia Duarte)