JPMorgan e EUA definem termos sobre fatia de US$4 bi em acordo de US$13 bi

terça-feira, 19 de novembro de 2013 08:53 BRST
 

NOVA YORK, 19 Nov (Reuters) - O JPMorgan Chase & Co e representantes do governo dos Estados Unidos acertaram os termos de um pacote de alívio ao consumidor de 4 bilhões de dólares que faz parte de um acordo de 13 bilhões de dólares para liquidar as obrigações do banco com as agências governamentais sobre títulos hipotecários, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto.

A parte de 4 bilhões de dólares do acordo pagaria por baixas contábeis de empréstimos hipotecários, demolição em áreas arruinadas e pagamentos mensais mais baixos para os proprietários, disse a pessoa na segunda-feira.

Shaun Donovan, secretário do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos EUA, estava envolvido com as negociações que fazem parte de um acordo mais amplo entre o banco e o Departamento de Justiça dos EUA, disse a fonte.

Dos 4 bilhões de dólares, cerca de 1,5 bilhão serão destinados a baixas contábeis de empréstimos que excedam o valor da propriedade e cerca de 500 milhões de dólares serão destinados para empréstimos de reestruturação para reduzir os pagamentos mensais.

Os restantes 2 bilhões de dólares irão para medidas variadas, incluindo novos empréstimos para mutuários de baixa e média renda em áreas que foram duramente atingidos pela crise imobiliária e demolição de casas abandonadas, disse a fonte.

(Por Aruna Viswanatha em Washington e David Henry em Nova York)