Vendas de imóveis novos em São Paulo sobem 33,3% de janeiro a setembro

terça-feira, 19 de novembro de 2013 10:51 BRST
 

SÃO PAULO, 19 Nov (Reuters) - As vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo subiram 33,3 por cento de janeiro a setembro ante igual período do ano passado, divulgou nesta terça-feira o sindicato da habitação da capital paulista, Secovi-SP, com o número de unidades comercializadas correspondendo a 95 por cento do total vendido em todo o ano de 2012.

No período, foram vendidos 25.591 imóveis novos. Em Valor Geral de Vendas (VGV), o avanço foi de 44,5 por cento, para 14,5 bilhões de reais.

Segundo o Secovi-SP, o resultado mostra uma retomada do mercado em decorrência de ajustes feitos entre 2011 e 2012, para adequação ao novo cenário econômico.

Os lançamentos também cresceram, embora em ritmo inferior. Nos primeiros nove meses, o aumento foi de 25,4 por cento em número de unidades na comparação anual, para 21.225 imóveis.

O Secovi-SP manteve sua estimativa para o ano de lançamentos de 33 mil unidades e vendas de 35 mil unidades.

(Por Marcela Ayres)