Acionistas da Nokia aprovam venda de divisão de celulares para Microsoft

terça-feira, 19 de novembro de 2013 15:56 BRST
 

HELSINQUE, 19 Nov (Reuters) - A assembleia extraordinária de acionistas da finlandesa Nokia aprovou nesta terça-feira a venda da divisão de celulares da companhia para a Microsoft, decidindo que os benefícios financeiros do negócio superam as objeções de uma minoria de investidores descontentes com a venda de um ícone nacional finlandês.

Uma ampla maioria de acionistas reunidos em Helsinque apoiou a transação, mostrou a contagem final dos votos. A conclusão da venda é esperada para o primeiro trimestre de 2014, após aprovações regulatórias.

A Nokia concordou em setembro em vender seu negócio de dispositivos e serviços móveis e em licenciar patentes para a Microsoft por 5,44 bilhões de euros (7,4 bilhões de dólares), depois de não conseguir se recuperar de uma entrada tardia no mercado de smartphones.

A venda deve aumentar a posição de caixa líquido da Nokia para quase 8 bilhões de euros, de cerca de 2 bilhões de euros no terceiro trimestre.

Isso ajudará a empresa retomar seu status de grau de investimento das maiores agências de classificação de risco e permitir que a Nokia retorne dinheiro aos acionistas, possivelmente por meio de pagamento de dividendos.

No início deste ano, a Nokia suspendeu seu a distribuição de dividendo anual pela primeira vez em 148 anos em uma tentativa de preservar o caixa.

Sem o negócio deficitário de celulares, a empresa remanescente terá mais de 90 por cento da receita baseada nas vendas de equipamentos de telecomunicações da unidade Nokia Services e Networks (NSN), e incluirá também um negócio de softwares de navegação e patentes.

(Por Ritsuko Ando e Jussi Rosendahl)