Unidade da J&J pagará US$2,5 bi em acordo sobre implante nos EUA

quarta-feira, 20 de novembro de 2013 10:07 BRST
 

NOVA YORK, 20 Nov (Reuters) - Uma unidade da Johnson & Johnson concordou em pagar o valor estimado de 2,5 bilhões de dólares para encerrar milhares de processos de pessoas que foram supostamente feridas por implantes artificiais de quadril da empresa, anunciou a companhia.

O acordo, anunciado durante uma audiência em uma corte federal em Ohio na terça-feira, indenizará cerca de 8 mil pacientes que realizaram cirurgias para substituir seus implantes de quadril, segundo um comunicado da unidade Depuy Orthopaedics Inc da J&J e advogados dos requerentes.

A empresa estava se defendendo em mais de 12 mil processos nas cortes federais e estaduais dos Estados Unidos sobre ferimentos supostamente causados por seus sistemas de substituição de quadril ASR de metal sobre metal, de acordo com documento entregue a reguladores.

A Depuy fez o recall de seus sistema de quadril ASR em 2010, depois que dados sugeriram que ele falhava em uma taxa maior que a esperada. À época, a empresa havia vendido cerca de 93 mil sistemas no mundo todo.

(Por Jessica Dye)