Preços ao consumidor nos EUA caem 0,1% em outubro

quarta-feira, 20 de novembro de 2013 12:19 BRST
 

WASHINGTON, 20 Nov (Reuters) - Os preços ao consumidor nos Estados Unidos caíram inesperadamente em outubro e a taxa de inflação anual foi a menor em quatro anos, o que deve dar espaço para o banco central norte-americano manter o ritmo de compra de títulos por algum tempo.

O Departamento do Trabalho divulgou nesta quarta-feira que seu Índice de Preços ao Consumidor caiu 0,1 por cento no mês passado, puxado pela queda drástica dos preços da gasolina, depois de ter subido 0,2 por cento em setembro.

Nos 12 meses até outubro, o índice subiu 1,0 por cento, a menor alta desde outubro de 2009. Em setembro, a inflação anual tinha sido de 1,2 por cento.

Economistas consultados pela Reuters previam estabilidade dos preços ao consumidor em outubro em relação a setembro e aumento anual de 1,0 por cento.

O Departamento de Trabalho disse que por conta da paralisação do governo norte-americano por 16 dias no mês passado, a amostra de preços utilizados para calcular o índice de outubro foi de cerca de 75 por cento da quantidade normalmente usada no índice.

Excluindo a energia e os preços voláteis dos alimentos, o chamado núcleo do índice subiu 0,1 por cento --mesma variação pelo terceiro mês consecutivo. A variação do núcleo da inflação nos 12 meses até outubro foi de 1,7 por cento, exatamente a mesma variação registrada em setembro.

(Por Lucia Mutikani)

 
Uma bandeira americana é vista em um prostesto contra o governo do presidente Obama em Washington. Os preços ao consumidor nos Estados Unidos caíram inesperadamente em outubro e a taxa de inflação anual foi a menor em quatro anos, o que deve dar espaço para o banco central norte-americano manter o ritmo de compra de títulos por algum tempo. 19/11/2013 REUTERS/Larry DowningRTX15KC8