Demanda doméstica impulsiona crescimento da Alemanha no 3º tri

sexta-feira, 22 de novembro de 2013 07:15 BRST
 

BERLIM, 22 Nov (Reuters) - Uma forte alta na demanda doméstica, liderada pelo aumento no investimento e gastos em construção, alimentou o crescimento da Alemanha no terceiro trimestre, apesar da fraqueza do comércio exterior da maior economia da Europa.

Dados ajustados sazonalmente da Agência Federal de Estatísticas divulgados nesta sexta-feira confirmaram a estimativa anterior de que o Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha cresceu 0,3 por cento no trimestre entre julho e setembro e 1,1 por cento na comparação com o mesmo período do ano anterior.

O consumo privado acrescentou 0,1 ponto percentual ao PIB no terceiro trimestre, os investimentos contribuíram com 0,5 ponto percentual e o comércio exterior subtraiu 0,4 ponto percentual.

(Reportagem de Michelle Martin e Noah Barkin)