Demanda chinesa por petróleo deve crescer cerca de 4% em 2014--Sinopec

sexta-feira, 22 de novembro de 2013 14:04 BRST
 

XANGAI, 22 Nov (Reuters) - A demanda chinesa por petróleo deve subir em média 3,8 por cento ao ano em 2014 e 2015, puxada pelo consumo de combustíveis para transporte, disse um pesquisador sênior da Sinopec, importante refinaria asiática.

A China tem sido o motor da demanda mundial de petróleo nos últimos dez anos, sendo responsável por quase metade do crescimento total, mas a moderação do consumo pode pesar sobre os mercados de petróleo.

"O combustível utilizado para o transporte será o principal motor para o consumo nacional de petróleo, uma vez que as vendas de automóveis da China devem continuar crescendo em um ritmo acelerado ao longo da próxima década", disse Mao Jiaxiang, vice-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica e Tecnologia da Sinopec, durante uma conferência da indústria na noite de quinta-feira.

A Sinopec Corp é a maior refinaria da Ásia.

O ritmo de crescimento da demanda chinesa por petróleo caiu para a mínima de quatro anos em 2012, a 4,5 por cento, e a desaceleração da economia tem pesado sobre o consumo neste ano.

No primeiro semestre do ano, a demanda implícida subiu somente 3,4 por cento em relação ao mesmo período de 2012, de acordo com cálculos da Reuters.

(Reportagem de Judy Hua e Fayen Wong)