PIB do Brasil em 2012 cresceu 1,5%, e não 0,9%, diz Dilma a jornal

terça-feira, 26 de novembro de 2013 17:04 BRST
 

26 Nov (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff afirmou, em entrevista ao jornal El País, que a economia brasileira teve seu crescimento de 2012 revisado para 1,5 por cento, acima do 0,9 por cento divulgado inicialmente.

"Esta semana resolveram reavaliar o PIB (Produto Interno Bruto). E o PIB do ano passado, que era 0,9 por cento, passou para 1,5 por cento", disse Dilma na entrevista publicada nesta terça-feira na versão do jornal espanhol na Internet.

"Nós sabíamos que não era 0,9 por cento, que estava subestimado o PIB. Isso acontece com outros países também. Os Estados Unidos sempre revisam seu PIB. Agora nós neste ano vamos crescer bem mais do que 1,5 por cento --resta saber quanto acima", acrescentou.

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, esclareceu que Dilma fez a estimativa do valor de revisão do PIB de 2012 com base em estudos preliminares do Ministério da Fazenda.

Ainda segundo a Presidência, citando informações da Fazenda, "estão em curso no IBGE estudos sobre o setor de serviços que poderão concluir por uma revisão do indicador do PIB do ano passado".

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgará em 3 de dezembro os dados relativos ao PIB brasileiro do terceiro trimestre de 2013, bem como possíveis revisões de leituras anteriores sobre a atividade econômica.

Procurado, o IBGE informou, via assessoria de imprensa, que só divulgará os dados do terceiro trimestre e eventuais revisões no próximo dia 3.