Dólar sobe 0,34% ante o real, com fluxo e temores sobre fiscal brasileiro

terça-feira, 26 de novembro de 2013 17:27 BRST
 

Por Marília Carrera e Bruno Federowski

SÃO PAULO, 26 Nov (Reuters) - Em um dia de poucas notícias e influenciado por uma saída pontual de recursos do país, o dólar fechou com leve alta ante o real, com ação do Banco Central e com os investidores ainda preocupados com o cenário fiscal brasileiro.

O dólar avançou 0,34 por cento, a 2,2957 reais na venda, depois de atingir 2,3083 reais na máxima do dia. Segundo dados da BM&F, o volume de negociação ficou em cerca de 1,55 bilhão de dólares.

"Está se comentando que houve uma saída forte de dólares e esse foi um fato relevante para o mercado hoje", afirmou o superintendente de câmbio da Intercam, Jaime Ferreira.

Os investidores também continuam preocupados com a situação fiscal, ainda mais que, na sexta-feira, o BC divulga os dados de outubro do resultado primário do setor público consolidado. Em setembro, ele veio com déficit de 9 bilhões de reais, praticamente enterrando as chances de cumprir a meta ajustada e piorando a avaliação do país, o que poderia afugentar investidores.

Ainda assim, pelo menos até essa quarta-feira, os investidores podem manter a expectativa de entrada de recursos no país com o pagamento do bônus de assinatura do leilão de Libra.

"Acho que o viés do dólar é de alta, com a moeda operando entre 2,30 reais e 2,35 reais. Porém, devemos ter volatilidade devido a uma entrada (de recursos) prevista para amanhã", destacou o diretor-executivo da NGO Corretora, Sidnei Nehme.

Na quarta-feira, encerra-se o prazo para o pagamento do bônus de assinatura do leilão da área de Libra, no valor total de 15 bilhões de reais.

A alta do dólar foi contida pela ação do BC que, nesta manhã mais uma etapa do seu programa de atuações diárias, com a venda de 500 contratos de swap cambial tradicional --equivalente a venda futura de dólares-- com vencimento em 5 de março e 9.500 contratos com vencimento em 2 de junho de 2014. O volume financeiro foi de 496,1 milhões de dólares.

À tarde, a autoridade monetária também vendeu a oferta total de 20 mil swaps tradicionais para rolagem dos contratos que vencem na próxima semana. Com as nove operações, o BC já rolou 88,1 por cento do lote total.

 
Brasileiro troca reais por dólares em corretora de câmbio no centro do Rio de Janeiro. Em um dia de poucas notícias e influenciado por uma saída pontual de recursos do país, o dólar fechou com leve alta ante o real, com ação do Banco Central e com os investidores ainda preocupados com o cenário fiscal brasileiro. 04/08/2003 REUTERS/Bruno Domingos