Confiança do consumidor alemão atinge máxima de 6 anos

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 07:43 BRST
 

BERLIM, 27 Nov (Reuters) - A confiança do consumidor da Alemanha para dezembro atingiu o nível mais alto em seis anos, dando sustentação à visão de que um consumo forte irá compensar as exportações mais fracas e ajudar a maior economia da Europa a registrar crescimento moderado neste ano.

O grupo de pesquisa de mercado GfK informou nesta quarta-feira que seu indicador futuro de confiança do consumidor, com base em pesquisa junto a 2 mil pessoas, subiu para 7,4 para dezembro ante 7,1 no mês anterior segundo dado revisado.

Foi a leitura mais alta desde agosto de 2007, e superou a mediana em pesquisa da Reuters junto a 26 economistas, de 7,1.

"A confiança do consumidor está registrando um impulso final de fim de ano", disse Rolf Buerkl, do GfK, em comunicado. "As perspectivas de uma retomada mais rápida da economia alemã assim como o corte da taxa de juros (do Banco Central Europeu) estão dando um ímpeto extra à confiança do consumidor no final do ano."

Tradicionalmente grandes poupadores, os alemães se tornaram mais dispostos a gastar uma vez que o mercado de trabalho permanece estável e taxas de juros baixas tornam a poupança menos atrativa.

A propensão deles em gastar, que já tinha subido, aumentou de novo em novembro para a máxima de sete anos, ajudada por outro corte da taxa de juros pelo BCE, disse o GfK. O índice relacionado subiu para 45,7 ante 44,4 em outubro.

(Reportagem de Annika Breidthardt)