MMX reconhece R$913 mi em desvalorização de ativos

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 10:00 BRST
 

SÃO PAULO, 27 Nov (Reuters) - O Conselho de Administração da mineradora MMX, do empresário Eike Batista, reconheceu a desvalorização de ativos das unidades Serra Azul e Bom Sucesso no total de 913 milhões de reais, segundo fato relevante divulgado nesta quarta-feira.

O reconhecimento foi uma decorrência da revisão do Plano de Negócios da empresa.

O chamando "impairment" corresponde a 599 milhões de reais "relativos a imobilizados e ágios das operações correntes em Serra Azul e 314 milhões de reais em direitos minerários de Bom Sucesso", informou a empresa.

Serra Azul e Bom Sucesso são unidades de produção de minério de ferro em Minas Gerais.

(Por Gustavo Bonato)