Funcionários da Embraer aprovam proposta de reajuste salarial

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 13:26 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os funcionários do primeiro turno da Embraer em São José dos Campos (SP), onde fica a principal linha de montagem de aviões da fabricante, aprovaram nesta quarta-feira proposta de reajuste dos salários da companhia, informou o sindicato que representa os trabalhadores.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, cerca de 7 mil trabalhadores da produção e da área administrativa participaram da votação. Os empregados do segundo turno votarão a proposta em assembleia marcada para 15h.

Segundo o sindicato, a Embraer ofereceu aumento salarial que inclui 7,07 por cento retroativo a setembro e 0,88 por cento em janeiro para trabalhadores com salários de até 10.029,15 reais. Os funcionários com salário acima do teto receberão um fixo de 720,04 reais de aumento e outros 100,29 reais a partir de janeiro.

A proposta inicial da Embraer era de reposição da inflação, de 6,07 por cento considerando a data-base da categoria.

As ações da empresa subiam 1,56 por cento às 11h54, enquanto o Ibovespa recuava 0,77 por cento.

 
Um funcionário anda de bicicleta próximo ao hangares ao lado de um jato privado na sede da Embraer. Os funcionários do primeiro turno da Embraer em São José dos Campos (SP), onde fica a principal linha de montagem de aviões da fabricante, aprovaram nesta quarta-feira proposta de reajuste dos salários da companhia, informou o sindicato que representa os trabalhadores. 14/05/2013 REUTERS/Nacho Doce