EUA incluem Morgan Stanley em investigação sobre contratações na China

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 15:13 BRST
 

WASHINGTON/ NOVA YORK, 27 Nov(Reuters) - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está investigando o Morgan Stanley por suas práticas de contratação na China, como parte de uma investigação do governo para saber se os bancos violaram as leis de suborno dos EUA, segundo pessoas familiarizadas com o assunto.

Como parte da varredura da indústria, a Securities and Exchange Commission (SEC) enviou cartas para o Morgan Stanley e outros bancos, incluindo o Goldman Sachs e o Citigroup, à procura de informações sobre suas práticas de contratação, de acordo com várias fontes próximas ao assunto.

A SEC pediu às empresas de serviços financeiros informações sobre a contratação de pessoas relacionadas com membros do governo na China, segundo duas fontes.

Procurados, porta-vozes do Morgan Stanley, do Citigroup e do Goldman Sachs não quiseram comentar.

O interesse das autoridades dos EUA em contratações na China ganhou destaque em agosto, quando reportagens revelaram que a SEC estava avaliando se o JPMorgan em Hong Kong havia contratados filhos de líderes de estatais na China com o objetivo de vencer disputas por contratos.

(Por Aruna Viswanatha e Emily Flitter)