Siemens diz que negócio de infraestrutura deve atingir meta de lucratividade

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 16:07 BRST
 

FRANKFURT, 27 Nov (Reuters) - A Siemens espera que seu negócio de Infraestrutura e Cidades (I&C), que foi atingido por atrasos e reestruturação de projetos, alcance sua meta de lucratividade neste ano fiscal, disse a empresa alemã nesta quarta-feira.

Tem havido especulações, rejeitadas pelo novo presidente-executivo Joe Kaeser, de que o grupo poderia desmantelar seu negócio de I&C depois que seu desempenho ficou aquém das expectativas.

No ano fiscal encerrado em 30 de setembro, a unidade registrou margem Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 3,7 por cento, bem abaixo do alvo de 8 a 12 por cento.

Isso fez com que a unidade fosse a menos lucrativa entre os quatro principais negócios da Siemens, atrás da indústria, energia e cuidados com a saúde.

"Esperamos que todos os setores fiquem dentro de suas respectivas bandas de margem no ano fiscal de 2014, com Infraestrutura e Cidades atingindo o piso da meta", disse a Siemens em seu relatório financeiro anual, publicado na quarta-feira.

(Por Maria Sheahan)