H&M recebe aval do governo para investir na Índia

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 16:40 BRST
 

MUMBAI, 2 Dez (Reuters) - A varejista sueca Hennes & Mauritz, mais conhecida como H&M, recebeu aprovação final do Conselho de Promoção de Investimentos Estrangeiros da Índia para investir 7,2 bilhões de rúpias (115,2 milhões de dólares) no país, segundo comunicado do governo nesta segunda-feira.

A segunda maior varejista de moda do mundo havia dito em abril que pretendia abrir 50 lojas na Índia este ano, na esperança de que o crescimento populacional e o aumento da renda na terceira maior economia da Ásia iriam alimentar a demanda por suas coleções de rápida substituição.

A aprovação do governo vai permitir que a empresa monte uma subsidiária integral no país, acrescentou o comunicado.

A Índia autorizou varejistas estrangeiras de marca única a deter 100 por cento de suas operações na Índia em janeiro de 2012. A rede sueca de móveis de baixo orçamento IKEA foi uma das primeiras a receber aprovação para seus planos de investimento, em maio deste ano.

(Por Nandita Bose)