Danone pode tomar medidas legais por recall de leite em pó infantil

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 18:14 BRST
 

Por Naomi Tajitsu

WELLINGTON/PARIS, 2 Dez (Reuters) - A Fonterra, empresa de laticínios da Nova Zelândia, poderá enfrentar uma ação legal da francesa Danone sobre o recall de leite em pó infantil contendo um ingrediente potencialmente contaminado, afirmou a companhia nesta segunda-feira.

Em agosto, a Fonterra divulgou ter encontrado um ingrediente potencialmente fatal contido em uma gama de produtos vendidos por multinacionais.

Após a realização de recalls em nove países, incluindo China e Malásia, o susto acabou revelando-se um alarme falso, já que o ingrediente continha uma bactéria menos nociva.

A Danone está buscando compensação integral para 350 milhões de euros (476 milhões de dólares) em vendas perdidas após o recall de seus produtos de leite em pó infantil na Ásia e Nova Zelândia.

As partes iniciaram negociações em outubro para tentar resolver a disputa.

"Ainda estamos em negociações (com a Danone)", afirmou o presidente-executivo da Fonterra, Theo Spierings, em uma entrevista por telefone à Reuters. "Eu coloquei uma proposta comercial em cima da mesa no final de outubro e ainda não tive um retorno".

Uma porta-voz da Danone disse à Reuters que o grupo ainda estava "em negociações" com a Fonterra, sem fazer comentários adicionais.