Preços ao produtor da zona do euro têm mínima de quase 4 anos em outubro

terça-feira, 3 de dezembro de 2013 08:26 BRST
 

Por Martin Santa

BRUXELAS, 3 Nov (Reuters) - Os preços ao produtor da zona do euro caíram mais que o esperado em outubro, mostraram dados nesta terça-feira, com a taxa anual de inflação em mínima de quase 4 anos em um novo sinal de forte queda nas pressões inflacionárias.

Os preços nos portões das fábricas dos 17 países que usam o euro tiveram queda de 0,5 por cento em outubro ante setembro, informou a agência de estatísticas da União Europeia (UE), a primeiro queda mensal em cinco meses.

Economistas consultados pela Reuters previam um recuo de 0,2 por cento.

As variações nos preços ao produtor, a menos que sejam absorvidas por varejistas, eventualmente se traduzem em mudanças no índice de preços ao consumidor, que o Banco Central Europeu (BCE), quer manter abaixo mas próximo de 2 por cento. A inflação ao consumidor foi de 0,9 por cento na comparação anual em novembro.

A leitura anual dos preços ao produtor mostrou queda de 1,4 por cento em outubro, o patamar mais baixo desde dezembro de 2009, depois de recuo de 0,9 por cento em setembro.

Os preços em apenas três países do bloco --Estônia, Chipre e Malta-- ficaram estáveis ou subiram na comparação mensal em outubro e o índice anual ficou em território positivo apenas na Estônia, Irlanda, Malta e Finlândia.

(Reportagem de Martin Santa)