Fibria aumentará preço de celulose em US$20 a tonelada em janeiro

terça-feira, 3 de dezembro de 2013 15:58 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de celulose Fibria aumentará os preços do insumo em 20 dólares por tonelada em relação a valores praticados em outubro, a partir de janeiro de 2014, informou a empresa nesta terça-feira.

Para a América do Norte, o valor será reajustado para 870 dólares, enquanto para a Europa o preço passa a 820 dólares, e para a Ásia irá a 720 dólares a tonelada.

Os valores estão abaixo do preço de lista da celulose em setembro, que estava em 900 dólares para a América do Norte, 850 dólares para a Europa, e 750 dólares para a Ásia, de acordo com o balanço de terceiro trimestre da companhia.

Porém, considerando os valores de janeiro deste ano, os novos preços representam um aumento também de 20 dólares, já que o preço do insumo para a América do Norte estava em 850 dólares, para a Europa em 800 dólares e para a Ásia em 700 dólares.

O último aumento nos preços de celulose pela Fibria, foi feito em maio, quando a empresa elevou os preços em 30 dólares a tonelada.

A Suzano Papel e Celulose, que também tem grande parte de sua produção exportada, não pode responder de imediato se também elevará os preços.

Às 15h50, as ações da Fibria exibiam queda de 1,4 por cento, enquanto o Ibovespa tinha desvalorização de 1,45 por cento.

(Por Roberta Vilas Boas)