Presidente da Repsol espera "valor convincente" em indenização por YPF

terça-feira, 3 de dezembro de 2013 16:02 BRST
 

MADRI, 3 Dez (Reuters) - O presidente da petroleira espanhola Repsol, Antonio Brufau, pediu que haja um "valor convincente" na indenização pela expropriação da argentina YPF, cujos detalhes devem ser finalizados nas próximas semanas.

"Nós nunca dissemos esse número de 5 bilhões (de dólares), o que dissemos é que o que temos que cobrar deve ser, de alguma forma, um valor convincente, e que o valor justifique a suspensão do litígio", disse Brufau.

O presidente da Repsol falou pela primeira vez desde a semana passada, quando os governos argentino, mexicano e espanhol mediaram um acordo preliminar de compensação pela nacionalização da participação majoritária da Repsol na petroleira YPF.

Os principais acionistas da Repsol são a Pemex, com 9,4 por cento do capital, e a CaixaBank, que controla 12 por cento da empresa.

Várias fontes explicaram que a proposta de acordo da Espanha se baseia em uma compensação de 5 bilhões de dólares que a Argentina pagaria à Repsol em ativos líquidos, que provavelmente serão títulos.

(Reportagem de Carlos Ruano e Sarah Morris)