Regulador japonês sancionará Deutsche por entretenimento--fontes

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 08:51 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A agência reguladora do mercado do Japão recomendará que a unidade do Deutsche Bank baseada em Tóquio sofra uma sanção por oferecer entretenimento em excesso para executivos de fundo de pensão, considerados funcionários públicos pela lei, disseram fontes familiarizadas com o assunto nesta quarta-feira.

A comissão (SESC, na sigla em inglês) estava investigando oferta de entretenimento pelo Deutsche Securities pois os clientes envolvidos administravam parte do programa nacional de pensões do Japão, o que os torna funcionários públicos aos olhos da lei e, portanto, sujeitos a estatutos anti-subornos, como relatou a Reuters em setembro.

A agência de serviços financeiros, que executa as recomendações da SESC, provavelmente vai emitir uma ordem ao Deutsche Securities para que aprimore suas práticas de negócios, disseram à Reuters fontes que pediram anonimato pois nenhuma decisão oficial sobre uma sanção foi anunciada.

Um porta-voz do Deutsche Securities em Tóquio não quis comentar o assunto.