EUA pedem informações adicionais sobre incêndios em Model S da Tesla

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 13:09 BRST
 

DETROIT, 4 Dez (Reuters) - Os reguladores do setor automotivo dos Estados Unidos pediram à Tesla registros de reclamações de clientes, pedidos de indenização por danos à propriedade e outros detalhes, como parte de investigação federal sobre dois carros elétricos da Tesla que se incendiaram desde outubro.

A Administração Nacional de Segurança de Tráfego em Auto-Estradas (NHTSA, na sigla em inglês) também requisitou informações sobre qualquer modificação no projeto do sedan elétrico Model S, além de desenhos de engenharia. A Tesla tem até 14 de janeiro para providenciar os detalhes adicionais.

O pedido por mais informações é rotineiro nestas investigações de defeitos de segurança, mas indica como a NHTSA está abordando a investigação sobre o Model S que teve início no mês passado.

A investigação da NHTSA veio após dois carros nos EUA e um no México pegaram fogo. Os dois incêndios nos EUA começaram após os motoristas passarem por cima de detritos na estrada, danificando o conjunto de bateria que fica na base do Model S.

Os reguladores pediram à Tesla que detalhe as possíveis consequências de danos ao conjunto de bateria do Model S e como estes problemas foram solucionados no design do automóvel. A NHTSA também pediu à Tesla que descreva "os limites deste design quanto a prevenção de dano à bateria de propulsão, estolamento e incêndios".

A Tesla não quis comentar.

(Por Deepa Seetharaman)