Cade vai investigar consórcio de GNL da Petrobras e White Martins

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 15:51 BRST
 

BRASÍLIA, 4 Dez (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu nesta quarta-feira abrir processo administrativo contra o consórcio Gemini, parceria entre a Petrobras e a White Martins no mercado de gás natural liquefeito (GNL).

O processo foi aberto a partir de denúncia da distribuidora de gás natural Comgás, de São Paulo, de que a Petrobras estaria praticando subsídio cruzado, por supostamente vender gás natural ao consórcio em condições diferenciadas, em detrimento de outros compradores.

(Reportagem de Leonardo Goy)